abril 22 2018

Entre a Terra e o Céu – Pelo Espírito André Luiz – Francisco Cândido Xavier

Entre a Terra e o Céu

Entre a Terra e o Céu é um livro cativante que narra um romance cujo os personagens se encontram, se afastam e se reencontram para o ajuste de contas, perdão, amor e progresso moral de cada um de acordo com as Leis e misericórdia divina.

Em torno da prece todo desejo é manancial de poder. Senhores das próprias criações e escravos delas, o espírito pede, obtém e paga por todas as aquisições.

No cenário terrestre a conduta de um indivíduo pode gerar circunstâncias em seu benefício ou desfavor, atenuar ou agravar suas faltas, pois a forma do pensamento é o que dá feição ao destino. Toda e qualquer obsessão penetra, tortura, causa inquietação e desequilíbrio a mente e ao espírito e, nas sendas de provas, cada um é responsável pelas ideias que nasçam de si.

Aquele que fica parado em lembranças desagradáveis, que não perdoa ao próximo e nem a si mesmo, afasta todos a sua volta derramando o amargor das queixas e censuras de uma permanente irritação rumo a eterna solidão.

Devedores um dos outros, laços mil unem corações e o amor é a forma divina que alimenta, enquanto o trabalho para o bem é o maior patrimônio de um filho da eternidade, que no esquecimento temporário recebe no coração o adversário de ontem para o reajuste e regeneração, já que em todos os lugares e tempos se vive as consequências dos próprios atos. Não vale fugir as responsabilidades. O tempo é inflexível e o trabalho que nos compete não será transferido a ninguém.

A cultura intelectual não é a base para a felicidade, mas ela auxilia no engrandecimento da alma, pois quem não sabe ler não sabe ver como se deve, portanto, não basta ter o instinto, o conhecimento proporciona maior responsabilidade e renovação.

O orgulho, a vaidade, a tirania, o egoísmo, a preguiça e a crueldade são vícios da mente que muito podem ferir, mas um dia há de se descobrir que a cura para todos esses males reside no próprio homem.

(Roberta Dias)

agosto 2 2009

Rádio-Robô e Banner

Rádio Robô

Fiz esse rádio robô numa época em que não tinha lá muita desenvoltura com o photoshop. Embora meio doido, não tenho porque sentir vergonha de mostrá-lo e gosto dele.

Ele servia como chamada para o Independência ou Morte, programa voltado para o cenário de música independente, com entrevistas, irreverência, bom gosto e é claro, muita música.

Como as coisas sempre evoluem, agora apresento o banner que coloquei no site da banda Profusão Sonora, afinal hoje irá ao ar o programa INDEPENDÊNCIA OU MORTE de número 100 pela IRádio, super bem apresentado e produzido pelo amigo, músico e publicitário Pedro Amorim, pelo jornalista Fernando Guitti e participação do músico Edu JC, todos os domingo, 22h na IRádio, com repríses nas terças no mesmo horário.

Banner Programa Independência ou Morte

E pra quem quiser ouvir e conferir vai a dica: http://www.iradio.com.br

(Roberta Dias)

julho 30 2009

Logotipo – Afirma Produção e Arte

Logo Afirma Produção e Arte
Afirma

Esse logo foi criado para o amigo, músico e produtor musical Flávio Petit. Afirma Produção e Arte trabalha com bandas do cenário independente.

É responsável pelo excelente evento Entropia Convida e por festivais, como por exemplo, Plugado e Grito Rock Rio, que animam e enobrecem a cena carioca e de Brasília, dando oportunidade a muitas bandas de mostrar seu trabalho.

Atualmente Flávio Petit dedica-se à produção e gravação do novo cd de sua banda “Entropia”.

Em breve teremos novidades!

(Roberta Dias)