outubro 22 2017

Repressão à Liberdade

Repressão à Liberdade, de Márcio Dias, da Banda Profusão Sonora, é uma música com uma letra extremamente atual, apesar de ter sido escrita nos anos 90.

Ela relata o dia-a-dia de medo e guerra urbana em que vivemos, com o eterno confronto nas ruas entre soldados do bem e do mal nos colocando, muitas vezes, no meio do fogo cruzado, onde rezamos, imploramos pela misericórdia Divina, buscando forças para lutar e tendo num beijo infantil o consolo, para todos os gritos e estouros.

Vale a pena escutar!

(Roberta Dias)

março 5 2015

Inovação – Exemplos de ideias simples para coisas boas

google doodles          O google doodles do dia 05 de março de 2015, homenageou o Momofuku Ando.  Aos 48 anos, depois de meses de tentativa e erro, Ando anunciou que, finalmente, aperfeiçoara o seu método de “fritura-relâmpago” que levou à invenção do macarrão instantâneo. Atentem para o ‘aperfeiçoaria’, que significa melhorar, inovar algo já existente. A “fritura” e o “macarrão” já existiam, o que ele fez foi juntar tudo e tornar melhor. Saiba mais em http://www.google.com/doodles/momofuku-andos-105th-birthday

Tony Iommi

Tony Iommi, guitarrista da banda Black Sabbath, após um acidente com sua mão esquerda na prensa de uma fábrica, inovou em sua forma de tocar, com encaixes improvisados de plástico derretido nas pontas dos dedos, que foram depois substituídos por próteses. Saiba mais em http://www.iommi.com/biography/

 

cleverCaps

Outro exemplo de inovação é o produto oferecido pela empresa brasileira Clever Pack, com tampas de garrafa que lembram Lego e que é possível reaproveitá-las para a construção de objetos de decoração, brinquedos e artesanatos. O Lego já existe, o que a Clever Pack fez foi tornar a pecinha útil para as coisas do dia-a-dia, portanto isso se trata de inovação, introduzir novidade em, renovar, inventar, criar. Saiba mais em http://www.cleverpack.com.br/2011/

bonuz

O BonuZ é um gadget que veio para aperfeiçoar a relação do consumidor com estabelecimentos através da fidelização. O desenvolvedor do aplicativo modernizou o conceito de cartela de fidelidade, fazendo parcerias com vários estabelecimentos, onde o usuário que completar 6 selos ganha um mimo. No momento em que recebe o presente, o consumidor também pode fazer publicidade gratuita compartilhando com seus amigos nas redes sociais o prêmio que acabará de receber e, uma vez instalado o aplicativo, não há quem não fique doido para completar a cartela, aumentando assim, as vendas dos estabelecimentos participantes. Saiba mais em http://www.bonuz.me/

(Roberta Dias)

outubro 11 2013

Quebrando a Rotina

No dia 19 de setembro estávamos dentro da Kalunga quando o Big telefonou para o Márcio nos convidando pra ir à casa do primo deles Anderson. Engraçado foi ouvir o Marcio dizendo: e cara nem rola! E o Big perguntando: como está a serotonina da Beta?

O Márcio estava crente que eu daria para tras mas se deu mal. Saimos do shopping, passamos em casa, tacamos algumas coisas numa mala média para os dois e nos mandamos para pegar o Big.

Graças a Deus a ida foi tranquila. Talvez surja alguma multa indesejada por conta das distrações do Márcio, mas valeu à pena. Conversamos, rimos, ouvimos música, eles falaram sobre a banda (Profusão Sonora) pra não perder o costume (risos), até que chegamos.

Recepção melhor impossível por parte do Anderson de da “ricota”, uma boxer branquinha linda, festeira, carinhosa e obediente, que nos cheirou, lambeu, nos empurrou porque ela é forte e além de tudo é engraçada.

Márcio morre de medo de cães, eu ria só de olhar a cara dele e imaginar ele pensando: não posso demonstrar medo, não posso!
Pois a ricota só queria mesmo era brincar e a cada pulo que dava em cima dele era uma comédia, só pra vocês terem uma ideia ele, Big e ricota estavam na sala assistindo o Rock in Rio. Anderson no quarto dele dormindo, eu dormindo no quarto de hóspedes e Big e Márcio vendo os shows, Márcio sentado no chão próximo ao sofá em que a doce ricota tirava sua soneca.

E a música rolando… de repente Márcio só sente a pata da ricota dando umas pancadas na cabeça dele, que vira pro Big e diz: ô Felipe, ela ta me dando umas mocas. Big responde: que nada ta sonhando. O show continua, ricota segue em seu soninho tranquilo e Big adormece. Não sei que música tocou que tanto a ricota quanto o Big acordaram, sendo que a ricota chacoalhou a cabeça e na mesma hora diz Márcio: ouuuu vai babar na minha cabeçaaaa!

A ricota é simplesmente encantadora! A danadinha tem mais educação do que muita gente, é esperta. Ela foi lamber o Márcio e ele disse: nãoooo! Vai lamber o Felipe! E não é que ela foi… gargalhadas³

Fomos a um barzinho tranquilo com música ao vivo mas não demoramos.

Na manhã seguinte metemos o pé na estrada e fomos à Itatiaia, Penedo e em Visconde de Mauá. O mundo é mesmo pequeno pra caramba, eu lá nos confins do mundo, admirando a cachoeira e encontro minha vizinha de porta do ex condomínio de que morava. Então lembrem-se: nunca fiquem falando mal dos outros pela rua porque a pessoa pode estar do seu lado ouvindo tudo. Faça melhor, na falta de boas coisas para dizer sobre os outros mantenha-se calado.

Foi gratificante rever minha vizinha, nos abraçamos, conversamos um pouco e ela se foi. Na volta fomos parando aqui, ali e aproveitamos para almoçar.

O clima por lá é muito bom. Lojas de artesanato, fábrica de chocolate, restaurantes e o que considero a melhor parte que é ter contato com a natureza. Só não fiquei mais tempo porque estava preocupada com o meu peixinho em casa sem comida.

Segue abaixo algumas fotos.

Beijos,

(Roberta Dias)

 

outubro 12 2011

Ana Élle cantando e tocando Boomerang Blues de Renato Russo

Conheci o talento de Ana Élle no Festival Entropia Convida no dia 07 de outubro de 2007, organizado pelo amigo, músico e produtor Flávio Petit. Naquele dia eu fazia parte do juri e foi bastante difícil decidir qual banda deveria ficar ou sair. Mas é com felicidade que divulgo uma música que adoro sendo interpretada por uma baita cantora!

(Roberta Dias)

outubro 5 2010

Não…

Não, já não quero mais viver em vão
Sem saber que em sua mão
Tudo passa a não ter razão
Tudo passa a dizer

Não posso mais ter você tão de perto
E ouvir não
Não quero mais um amor tão discreto
Pra ter mais emoção

Não, já não canto mais a canção
Que compus pra dizer que não
To num barco sem direção
To perdido em sua…

Quero você mais não vou me enganar
Eu sei que agora não
Quero você mas do lado de lá
Ainda to sem direção

Quero te ver
Quero você
Quero dizer então

Quero você
Quero te ver
Quero você ou não

(Profusão Sonora – Composição: Tiago Ferreira)