julho 9 2009

Naema a Bruxa (Lenda de feitiçaria do século XV) – Wera Krijanowsky

Naema a Bruxa (Lenda de feitiçaria do século XV) - Wera Krijanowsky

Naema a Bruxa (Lenda de feitiçaria do século XV) - Wera Krijanowsky

Naema a Bruxa - Lenda de feitiçaria do século XV

O romance Naema a Bruxa, de , conta à história de amor entre Leonor e Walter.

Eles viviam numa cidadezinha de Freiburg, em Breisgau, entre a Floresta Negra e o Reno, na Alemanha.

Nessa época, a população sofria com a loucura de destruição, o medo da magia, dos sortilégios e flutuava uma nuvem negra no ar.

Pessoas eram acusadas de bruxaria, penavam com “O martelo das feiticeiras”, terrível manual utilizado pelos juízes, publicado pelo dominicano Sprenger, a fim de auxiliar a desvendar as artimanhas do demônio.

Walter, nobre fidalgo, apaixonara-se por Leonor, uma bela jovem de origem humilde e bordadeira de mão cheia.

Apesar dos obstáculos e da oposição de sua mãe, Walter pediu a mão de Leonor em casamento, mas não imaginara que seu gesto condenara a amada e toda a sua família à morte.

Denunciados por bruxaria, Leonor e sua família foram julgados e condenados à fogueira.Leonor e sua tia Brígida foram submetidas à tortura porque ousaram negar o crime. Seu pai enforcara-se numa das celas da prisão para fugir da fogueira e sua tia não resistira aos ferimentos.

Invocado por uma velha negra de uma das celas, surge mestre Leonardo, que imediatamente colocou os olhos em Leonor e fez-lhe uma proposta, mas para aceitá-la, a jovem teria que abandonar o passado, renegar a Santa Igreja e só assim se livraria da fogueira. Apesar de aterrorizada, ela aceitou as condições do pacto e desapareceu misteriosamente.

Walter desesperou-se com a notícia da morte de sua amada. Tempos depois apesar de todo o seu sofrimento e amor sem fim, finalmente cedeu aos apelos de sua mãe e aceitou desposar Filipina mesmo sem amá-la.

No dia de seu casamento, Walter recebeu misteriosamente Naema de presente, uma estátua de cera com as belas feições de Leonor e seus lindos cabelos dourados. Ele passou a venerar Naema, cuja semelhança com sua amada aflorava ainda mais o amor que jamais deixara de sentir e entregara-se aos encantos de Naema, que todas as noites o enfeitiçava e entorpecia.

Levado pela tentação de permanecer ao lado de Leonor, caiu nas garras de mestre Leonardo.

Walter conseguiu ser resgatado, mas para realmente libertar-se teria que travar uma verdadeira batalha entre o bem e o mal.

Ao reconciliar-se com Cristo tornara-se frei Miguel e dedicara-se aos necessitados e a luta para resgatar sua amada.

De fato a história deste livro é pesada, mas passa um ensinamento e um sentido moral do que conduz à perdição e do que leva a salvação.

Excelente esse livro!

(Roberta Dias)

Comentários

Comentários


Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Copyright 2017. Todos os direitos reservados.

Publicado 07/09/2009 por Roberta na categoria "..:: Leitura ::..

4 COMMENTS :

    1. By Roberta (Post author) on

      Oi Suzane,

      Também gostei muito deste livro.

      Beijos!

      Reply
  1. By Thiago Resende Nunes on

    Olá, estou lendo este livro no presente momento. Lá pela página 45 e 46 da mesma edição da qual você utilizou a capa logo acima, faz-se referência ao “canto do galo”. Já procurei na internet sobre as relações possíveis. Dentre todas essas relações, a que teve mais sentindo, tem a ver com as passagens evangélicas, onde se entende que Pedro negaria a Cristo por duas vezes antes que o galo cantasse. No entanto, não consigo ver muito coerência, apesar das evidências. Se possível, gostaria da opnião das leitoras. obrigado.

    Reply
    1. By Roberta (Post author) on

      Olá Thiago,

      Como é bem-vinda sua colocação!
      Já faz algum tempo que li este livro. Vou tornar a ler o trecho a que se refere, fazer também algumas pesquisas e torno a entrar em contato com você.
      Se outros leitores derem suas opiniões será uma excelente troca de ideias e aprendizado.

      Beijo,
      Roberta

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Classifique este comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.