Abril 8 2014

Quem disse que foi difícil capiau?

Em poucas cutucadas fez-se cair por terra,
A máscara doce do suposto controle,
Da mansidão disfarçada, e finalmente,
Colocando as garrinhas de fora,

Expondo a ignorância típica de capiau,
De quem não distingue o falar, o expressar,
Metafórico permitido pela linguagem,
Ó criatura insignificante!

Quem será mesmo ter duas caras?
Da latrina de onde vieste regressará,
E de nada adianta tentar,

Porque certo como um mais um é igual a dois,
O falso cego despertará e cozinhando-te fará,
Com que proves merecidamente do amargo fel.

(Roberta Dias)

Comentários

Comentários


Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Copyright 2017. Todos os direitos reservados.

Publicado 04/08/2014 por Roberta na categoria "..:: Devaneios ::..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *