agosto 22 2011

Prova

Parece uma palavrinha mágica! Sabemos que não é a maneira mais eficiente de se avaliar o conhecimento de um aluno, mas essa é a forma adotada pelas instituições de ensino, portanto devemos acatá-la.

Confesso ser um pouco frustrante entender os conceitos ensinados em sala, participar das aulas com acertos e erros, buscar novas informações extra-aula e sair da sala de aula achando não ter feito tudo o que sabia e poderia. É realmente bem chato!

Porém nem sempre estamos em nossos melhores dias, então conviver com as derrotas é algo com que precisamos aprender a lidar, já que nem sempre vencemos e perder também faz parte, mesmo que ninguém goste da ideia.

Saí com a impressão de não ter tido um bom desempenho e de repente nem fui tão mal. Logo sofrer por antecipação não cabe em meus planos.

Falta-me tempo e o meu tempo é muito valioso, de modo que é necessário administrá-lo bem. A vida segue depressa e o novo módulo do MBA já está chegando e preciso estar com a mente livre para melhor me dedicar.

Continuo animada e muito motivada. Aprender faz um bem enorme para alma! Meu professor de Gerência de Vendas, Cláudio Goldberg, falou algo que jamais irei esquecer no último dia de sua aula. Ele disse que gostou de nos conhecer, de poder compartilhar conosco sua longa experiência profissional e que não nos desejaria boa sorte na prova, porque boa sorte se deseja a quem não consideramos capazes e o que ele via diante de seus olhos eram pessoas competentes e com capacidade, portanto a palavra para pessoas assim se chama sucesso e era isso que nos desejaria. Disse também que esperava nos reencontrar mais adiante com a mente maior e mais aberta do que a que nos deixou e não com uma mente menor.

Ele disse mais ou menos assim, estou colocando da forma como lembro, o mais importante foi a força, o apoio que nos passou e o quanto me emocionou.

Aqueles que tiverem oportunidade metam a cara, estudem o máximo que puderem. Num MBA não há espaço para crianças, o que vemos são pessoas adultas, graduadas. Lá não cabe fazer prova com “consulta” como alguns colegas pensam, estamos lá para aprender, porque do contrário o resultado da “consulta” virá em forma de um belo chute no traseiro no mercado de trabalho.

Tem outra coisa que meu professor disse que marcou bastante: “nunca prometa o que não possa cumprir, porque senão ficará desmoralizado perante seus funcionários e clientes”. Sábias palavras! Assim como o poder só fala com o poder.

(Roberta Dias)

agosto 16 2011

Fechamento de Módulo

O tempo realmente passa rápido quando ocupamos a mente com coisas interessantes e construtivas.

Hoje tive a última aula de Gerência de Vendas e, como sempre, fiquei fascinada com tudo que foi passado em sala de aula, de forma dinâmica e interessante.

Acredito que de um modo geral, os alunos ao longo do tempo, irão se identificar mais com alguns módulos do que com outros, mas o conjunto de todos eles é o que nos capacitará para o desenvolvimento de nossas teses e, certamente, dará boas oportunidades aos que se destacarem.

O MBA é completamente voltado para o mercado de trabalho, é como se estivéssemos todos expostos e sendo observados atentamente em uma vitrine, a diferença é que os compradores não estão em busca de roupas, mas de profissionais capacitados para atender as necessidades de suas empresas.

É um universo gratificante, competitivo e que agrega extremo valor aos alunos que souberem aproveitar essa oportunidade.

A grande verdade é que estou deveras feliz e motivada, pelo simples fato de ter consciência da importância e do quanto algumas pessoas gostariam de estar cursando um MBA Executive em Gestão de Marketing e, simplesmente não conseguem ou não podem.

Fato: conhecimento é tudo!

Aprendi que não basta saber fazer muitas coisas, é preciso fazê-las de forma bem feita, senão nos tornamos patos, além do fato de estarmos sempre antenados, porque quando a água começar a esquentar temos mais é que pular, ao invés de sentir a mudança gradativa da temperatura e permanecer no caldeirão, até que a água ferva e nos mate cozidos.

Já mencionei anteriormente que vender é uma arte, a pessoa cuja venda corre no sangue tem como objetivo principal vender sempre, mais e melhor.

É bom ter acesso às informações, técnicas e tecnologias disponíveis. Estou maravilhada!

(Roberta Dias)